Cirurgias Plásticas

Rinoplastia

A rinoplastia é uma das cirurgias mais consagradas do arsenal dos cirurgiões plásticos. Nascida das grandes reconstruções nasais por doenças congênitas adquiridas ou acidentes e amputações, a rinoplastia estética vem se aprimorando muito com o passar das décadas e com o melhor entendimento da fisiologia (funcionamento) da estrutura nasal, levando os cirurgiões especialistas a desenvolver técnicas cirúrgicas específicas para cada paciente de acordo com suas características étnicas e também seus anseios.

Não podemos deixar de esclarecer aos pacientes candidatos a rinoplastia “estética”, que a beleza está na harmonia que existe entre as estruturas da face, respeitando as proporções de cada uma delas e do nariz em especial, sem permitir que a cirurgia provoque mudanças nos traços principais do paciente. Outro ponto muito importante, é que o cirurgião tem que preservar a funcionalidade do nariz, ou resgatá-la, mantendo a respiração como uns dos principais focos da cirurgia.

Principais dúvidas:

Onde é realizada a cirurgia?

A rinoplastia deve ser realizada em ambiente hospitalar, com acomodações adequadas, equipe de enfermagem e anestesia completa e especializada, com equipamentos que ofereçam toda segurança possível.

Posso fazer a cirurgia com anestesia local?

Ainda hoje existem cirurgiões que realizam a rinoplastia com anestesia local e sedação, porém, esta não é mais a preferência dos especialistas, pois a cirurgia pode demandar mais tempo que o estimado inicialmente, e além disso, a anestesia geral torna o procedimento mais seguro e mais confortável para o paciente.

A recuperação é muito complicada ou dolorida?

A recuperação de uma rinoplastia geralmente é tranquila, normalmente indolor e o paciente pode apresentar alguns hematomas, principalmente em baixo dos olhos. Pode ainda apresentar edema (inchaço) do rosto. Tanto os hematomas quanto os edemas, são autolimitados e melhoram consideravelmente em 7 a 10 dias.

Os pontos são retirados por volta do quarto dia após a cirurgia e o imobilizador por volta do sétimo dia. Isso torna as cicatrizes mais adequadas e menos aparentes.

O paciente pode apresentar uma piora leve da função respiratória nos dias iniciais, mas esta queixa melhora gradativamente até o final do primeiro ou segundo mês de pós-operatório.

Quando posso voltar as minhas atividades físicas?

Normalmente os pacientes submetidos a rinoplastia podem retornar às atividades físicas de rotina em dez a 15 dias. Academia ou atividades que demandam aumento de pressão arterial ou frequência cardíaca, devem esperar trinta dias e as atividades de impacto, em torno de 2 meses.

Quais exames devo fazer antes de operar?

Solicitamos, de rotina, aos nossos pacientes, tomografia de computadorizada, avaliação cardiológica, avalição pulmonar (raio X de tórax) e avaliação laboratorial. A depender dos resultados iniciais, podemos pedir outros exames mais detalhados.

Posso associar a rinoplastia com outras cirurgias?

Existem várias ocasiões em que as associações cirúrgicas são possíveis. Quando falamos de rinoplastia, podemos fazer associações com cirurgias da face como face lifting, bichectomia, cirurgias de melhora do queixo (mento) ou cirurgias corporais, como implante de silicone mamário, mamoplastia e lipoaspiração, desde que o tempo cirúrgico não seja impeditivo.

Procure sempre um profissional capacitado, especializado e competente para se submeter à uma rinoplastia. Converse muito com seu cirurgião antes de definir o que e como fazer. Deixe claro quais são suas expectativas, quais são suas queixas. Nem sempre este procedimento pode te oferecer exatamente o que você deseja. Vários são os fatores que interferem em um resultado considerado adequado em rinoplastias.