Querendo mexer no nariz, de novo?

Isso pode! A Rinoplastia Secundária veio possibilitar uma nova reconstrução do nariz. A indicação é feita para as situações em que a cirurgia anterior não conseguiu resolver o problema inicial ou resultou em alguma deformidade – estética ou funcional. É uma das mais complexas cirurgias da área por exigir, do especialista, cuidado redobrado na manipulação das estruturas, que já passaram por mudanças.
Trata-se de uma intervenção que envolve casos delicados e desafiadores, nos quais o profissional deve realizar um trabalho muito mais cauteloso e minucioso, diante das limitações apresentadas pela região, a ser operada novamente e que já não mais apresenta as mesmas características de antes. Só para ter uma ideia, a pele, as cartilagens e a vascularização dos tecidos sofrem alterações em uma primeira rino e, em uma segunda, demonstram-se ainda mais sensíveis.
Normal haver necessidade de enxerto. Nem sempre o paciente ainda dispõe de cartilagem suficiente no septo para uma nova modelagem do esqueleto do nariz, o que deixa como opção usar a da orelha e, quando for preciso uma quantidade maior de material, também da 5ª e 6ª costelas, cartilagens consideradas fortes, resistentes e com tamanho mais proporcional ao tipo de reconstrução a ser feita. A anestesia usada é geral e a Rinoplastia Secundária é feita, geralmente, pela técnica aberta.
Importante saber que, nesse tipo de cirurgia, mais do que na primeira Rinoplastia, há uma preocupação com a função respiratória. Mexer na estética e não garantir o pleno funcionamento da respiração não faz sentido. Por isso, se há problemas como desvio de septo e aumento dos cornetos, essas falhas devem ser corrigidas ao longo do procedimento.
A Rinoplastia Secundária só deve ser encarada após a primeira cirurgia ter completado um ano, visto que só depois desse período há uma recuperação total das estruturas, e a forma definitiva já está mais visível.

Saiba mais sobre o Dr. Cesar Daher

O cirurgião plástico é membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP); membro da Associação Brasileira da Cirurgia de Restauração Capilar (ABCRC); membro da American Society of Plastic Surgeons (ASPS); coordenador do Departamento de Eventos Científicos Regional Centro-Oeste; e preceptor do programa de especialização em Cirurgia Plástica do Hospital Daher Lago Sul, Brasília-DF.

Saiba mais sobre a Clínica Costa Daher

A Clínica Costa Daher está localizada no Centro Médico Lúcio Costa, na SGAS 610/611 Sul. A clínica foi inaugurada em março de 2016 e conta com 100 m2, distribuídos entre recepção, consultórios, administração e sala de procedimentos. No local, são oferecidos clínico, cirúrgico e procedimentos estéticos. A nova clínica é a realização de um sonho e foi planejada com foco no conforto do paciente, em primeiro lugar. O objetivo principal é fazer com que ele se sinta dentro da própria casa.
Na Dermatologia Estética: Laser, Peelings Químicos, Preenchimento, Toxina Botulínica Tipo A, Sculptra.
Na Dermatologia Cirúrgica: Biópsia, Cauterização Química, Curetagem e Eletrocauterização e Excisão Cirúrgica.

Confira nossas últimas notícias