Sífilis: causa, sintomas e tratamento

Sifilis--causa--sintomas-e-tratamento

Sífilis também é assunto de dermatologista, já que este profissional está habilitado não só para tratar das doenças de pele, cabelos e unhas, mas também das patologias nas mucosas. Entre elas, as afecções de lábios, boca, gengiva, língua e área genital, onde ocorrem as Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) e venéreas.
A dermatologista da Clínica Costa Daher, Dra. Darleny Costa Daher, separou os aspectos mais importantes sobre esta patologia que atinge tantas pessoas. “A sífilis é um mal silencioso que compromete vários órgãos e pode matar. As pessoas precisam entender o que causa a doença, os sinais e sintomas, para que possam buscar a ajuda de um profissional ao perceberem algo errado. O diagnóstico precoce garante um tratamento mais eficaz”, afirma a Dra. Darleny.
A situação é preocupante. De acordo com o Ministério da Saúde, houve, entre 2015 e 2016, um aumento de 27,9% de sífilis adquirida, 14,7% em gestantes e de 4,7% com relação à congênita (quando há transmissão da mãe para o filho, na gravidez ou no parto). Se for considerado o período de 2010 a 2015, a elevação é de 5.000%, intervalo no qual o número de casos passou de 1.249 para 65.878.
Trata-se de uma DST causada pela bactéria Treponema pallidum. Veja suas principais características:

Transmissão:

– contato íntimo com quem tem alguma ferida que seja causada pela sífilis;
– contato direto com sangue contaminado com a Treponema pallidum;
– de mãe para filho durante a gravidez, por meio da placenta;
– de mãe para filho durante o parto, se o bebê tiver contato com a ferida (sífilis congênita).

Fases/sinais e sintomas:

Primária: estágio inicial que começa umas 3 semanas depois do contágio. Caracteriza-se por feridas de aproximadamente 1 cm. Elas não doem, nem sangram e podem desaparecer de forma espontânea, mas isso não é sinal de cura. Apenas ficam latentes e a doença evolui para uma próxima etapa.
Secundária: manchas por todo o corpo que podem ser confundidas com uma alergia. Assim como as feridas, na fase inicial, essas manchas também podem sumir, mas voltam depois.
Terciária: esta é a última fase e mais grave. Nesse momento, as lesões se mostram maiores e órgãos internos como coração e fígado já apresentam problemas. O quadro é também de sintomas como: perda auditiva, náuseas, vômitos, vertigem, insônia, dor de cabeça constante e intensa, convulsão e rigidez no pescoço.

Tratamento:

Penicilina benzatina (mais eficaz).
A melhor maneira de melhorar as estatísticas é por meio da prevenção. A recomendação é de que durante o ato sexual os parceiros usem preservativo, afinal ele impede a transmissão não só de bactérias, mas de vírus e fungos.
Muita gente não acha necessário, mas é preciso escolher um estabelecimento limpo para colocar piercing e fazer tatuagem. E não se esqueça de cobrar do profissional o uso de materiais descartáveis.
Lembre-se: sífilis é coisa séria. “A doença tem cura, mas, se não for tratada a tempo e corretamente, pode levar a sérias consequências. Tudo começa com uma simples ferida que, se não curada, pode afetar órgãos como ossos, olhos e coração. Sem falar nos estragos que pode fazer no sistema nervoso. Por isso, visite seu dermatologista pelo menos uma vez por ano”, conclui a Dra. Darleny Costa Daher.

Conheça a Dra. Darleny Costa Daher

Formou-se na Universidade de Ribeirão Preto (UNAERP), em 2006. Fez Residência Médica em Dermatologia, de 2008 a 2011, no Hospital Federal dos Servidores do Rio de Janeiro. Fez estágio opcional no Instituto de Dermatologia Prof. Rubem David Azulay da Santa da Misericórdia do Rio de Janeiro/RJ (2006) e estágio supervisionado no Ambulatório Souza Araújo, Laboratório de Hanseníase – IOC/FIOCRUZ (2010) e no Ambulatório de Esporotricose do Instituto de Pesquisa Clínica Evandro Chagas/FIOCRUZ (2010). A Dra. Darleny Costa Daher é, atualmente, médica dermatologista da Clínica Costa Daher.

Saiba mais sobre a Clinica Costa Daher

A Clínica Costa Daher está localizada no Centro Médico Lúcio Costa, na SGAS 610/611 Sul. A clínica foi inaugurada em março de 2016 e conta com 100 m2, distribuídos entre recepção, consultórios, administração e sala de procedimentos. No local, são oferecidos clínico, cirúrgico e procedimentos estéticos. A nova clínica é a realização de um sonho e foi planejada com foco no conforto do paciente, em primeiro lugar. O objetivo principal é fazer com que ele se sinta dentro da própria casa.
Na Dermatologia Estética: Laser, Peelings Químicos, Preenchimento, Toxina Botulínica Tipo A, Sculptra, IPCA (Indução Percutânea de Colágeno com Agulha).
Na Dermatologia Cirúrgica: Biópsia, Cauterização Química, Curetagem e Eletrocauterização e Excisão Cirúrgica.

Confira nossas últimas notícias