Tem certeza de que vai deixar sua pele de lado no inverno?

pele-inverno

O verão foi embora e levou com ele o sol forte e as altas temperaturas. O momento agora é de enfrentar o inverno marcado pelo frio (intenso em determinadas regiões), pela redução de chuva e pela baixa umidade relativa do ar. Isto significa que com as radiações solares não tão fortes não há porque se preocupar com a pele. Certo? Erradíssimo. A atual estação do ano também favorece o surgimento de fatores que comprometem o estado da pele e exigem muita atenção com esse órgão que reveste e protege o organismo.
Ignorar os possíveis impactos provocados pela friagem é colocar em risco a saúde, visto que a falta de cuidados pode levar a situações mais sérias. A dermatologista da Clínica Costa Daher, Dra. Darleny Costa Daher, enumerou os principais aspectos que levam a estação mais fria a interferir na pele e explica como evitar problemas:

Ar frio: a friagem e o vento sugerem banhos mais quentes e demorados. Isso pode ser até agradável para aquecer, porém remove a oleosidade natural e resulta no ressecamento.
Recomendação: prefira os banhos mornos e rápidos. Interessante também evitar o uso de buchas vegetais e toalhas ásperas.
cotovelos-ressecados
Baixa umidade relativa do ar: este fator também resulta no ressecamento, inclusive das extremidades, como cotovelos, destrói as barreiras protetoras e deixa o caminho aberto às infecções e inflamações. Além disso, o aspecto da pele fica estranho, sem o brilho natural e mais esbranquiçado.Vale ressaltar que esse ressecamento não ocorre apenas no rosto, mas em todo o corpo.
Recomendação: lave o rosto duas vezes ao dia com água morna e sabonete apropriado ao tipo de pele.
Uma hidratação profunda também é boa opção, porém para isso é preciso procurar um dermatologista para examinar e prescrever o produto mais adequado para o tipo de pele e que apresente melhores resultados.
Os lábios, nesta estação, também ficam ressecados e craquelados. Para eles, há protetores específicos que promovem a hidratação.
Poluição e raios solares: nesta estação, a poluição atmosférica aumenta. Isso porque o ar quente tende a subir, já o frio (mais perto do solo e mais denso) fica parado. Resultado: a poluição também fica retida próxima à superfície. E quem disse que a pele não sofre com isso? Os ressecamentos e as impurezas são inevitáveis.
Importante deixar claro, ainda, que, ao contrário do que muita gente pensa, no inverno também existe sol. A incidência dos raios UVB é reduzida nesta época, mas mesmo assim os índices totais são considerados altos e podem causar complicações.
Recomendação: utilize o filtro com fator de proteção adequado ao seu tipo de pele, ainda que o tempo esteja sem sol e até nublado. Lembre-se de reaplicar o produto, pelo menos, três vezes ao dia.
Mudanças de comportamento: no inverno, as pessoas tendem a reduzir a ingestão de água e a comer de forma mais descontrolada. Um erro, porque esses tipos de comportamento interferem no aspecto da pele.
Recomendação: o item número 1 de hidratação é a água, que deve ser utilizada à vontade durante todo o dia. Além disso, é importante optar por uma dieta rica em frutas, verduras, legumes e proteínas.
Há problemas que prevalecem no inverno. Entre eles, as coceiras, rachaduras e fissuras, assim como as doenças: dermatites atópica e seborreica e a psoríase. O fundamental é procurar o dermatologista a qualquer sinal de problema na pele para que ele possa dar o diagnóstico preciso e orientar sobre o tratamento.

Saiba mais sobre a Dra. Darleny Costa Daher

Formou-se na Universidade de Ribeirão Preto (UNAERP), em 2006. Fez Residência Médica em Dermatologia, de 2008 a 2011, no Hospital Federal dos Servidores do Rio de Janeiro. Fez estágio opcional no Instituto de Dermatologia Prof. Rubem David Azulay da Santa da Misericórdia do Rio de Janeiro/RJ (2006) e estágio supervisionado no Ambulatório Souza Araújo, Laboratório de Hanseníase – IOC/FIOCRUZ (2010) e no Ambulatório de Esporotricose do Instituto de Pesquisa Clínica Evandro Chagas/FIOCRUZ (2010). A Dra. Darleny Costa Daher é, atualmente, médica dermatologista da Clínica Costa Daher.

Saiba mais sobre a Clinica Costa Daher

A Clínica Costa Daher está localizada no Centro Médico Lúcio Costa, na SGAS 610/611 Sul. A clínica foi inaugurada em março de 2016 e conta com 100 m2, distribuídos entre recepção, consultórios, administração e sala de procedimentos. No local, são oferecidos clínico, cirúrgico e procedimentos estéticos. A nova clínica é a realização de um sonho e foi planejada com foco no conforto do paciente, em primeiro lugar. O objetivo principal é fazer com que ele se sinta dentro da própria casa.
Na Dermatologia Estética: Laser, Peelings Químicos, Preenchimento, Toxina Botulínica Tipo A, Sculptra, IPCA (Indução Percutânea de Colágeno com Agulha).
Na Dermatologia Cirúrgica: Biópsia, Cauterização Química, Curetagem e Eletrocauterização e Excisão Cirúrgica.

Confira nossas últimas notícias