Você sabe o que é mentoplastia?

O procedimento cirúrgico de nome estranho serve para remodelar o queixo, também chamado de mento, utilizando implantes artificiais ou o próprio osso e, por meio de fraturas, avançar ou recuar o queixo. O objetivo da cirurgia é equilibrar e tornar mais harmoniosas as características faciais.
A cirurgia de aumento costuma ser mais comum do que a de redução e também mais simples. É possível que seja feito o avanço ou retração da mandíbula ou avanço ósseo apenas do osso do queixo. E os benefícios vão além da parte estética.
A mentoplastia é utilizada para correção das mais diversas deformidades funcionais ou estéticas. A indicação do procedimento adequado para corrigir uma deformidade do queixo é baseada no tipo e na extensão da deformidade. A cirurgia também é indicada para auxiliar no tratamento da apneia obstrutiva.
De acordo com o cirurgião plástico da Clínica Costa Daher, Dr. Cesar Daher, a mentoplastia deve ser feita após a análise do rosto como um todo para que o resultado final seja mais harmônico com o conjunto. “Primeiro, é preciso observar como é a forma da mandíbula. Nós fazemos uma análise facial que identifica o perfil do paciente com desarmonia facial e é determinante saber se o que ocorre é uma deformidade de oclusão e/ou esquelética ou, ainda, se o queixo se encontra apenas projetado ou retraído”. Ele completa que é a partir dessa análise que será determinado o que precisará ser feito no procedimento cirúrgico, para se obter um queixo mais harmônico com relação ao restante da face.
Associação com a rinoplastia
Há uma relação direta entre o nariz e o queixo na harmonia do rosto. Por isso, em alguns casos, é necessário aliar a mentoplastia com a rinoplastia, cirurgia do nariz, para que o paciente tenha um resultado mais satisfatório. Essa associação tem até um nome: perfiloplastia.
Cuidados necessários
Como em qualquer cirurgia, é importante ter indicação clínica. Além disso, são imprescindíveis os exames pré-operatórios para se atestar as boas condições de saúde para a intervenção cirúrgica.
Não existe obrigatoriedade quanto ao tipo de anestesia para esse procedimento, mas pode ser anestesia local associada à sedação, quando se faz apenas a mentoplastia. Já quando outras cirurgias forem associadas, pode-se optar pela anestesia geral. Esta também deve ser uma combinação entre o cirurgião e o paciente.
A cirurgia leva de 1 a 2 horas, dependendo de cada caso e também se será feito o avanço ósseo ou implante. Normalmente, a alta é dada no mesmo dia. Quando um implante é colocado, a prótese é mantida imobilizada por cerca de uma semana. Caso tenha sido feita uma lipoaspiração do pescoço em conjunto, ele também fica protegido por uma faixa.
Na primeira semana, é necessário não fazer esforço e evitar movimentos bruscos no local. A retirada dos pontos, o curativo e uma avaliação pós-operatória são realizadas em torno de uma semana após a cirurgia.
Por um mês é indicado fazer drenagem linfática no pescoço três vezes na semana. Em dois a três meses, o edema irá desaparecer e, em seguida, o resultado final vai ser notado.
Sobre a Clínica
A Clínica Costa Daher está localizada no Centro Médico Lúcio Costa, na SGAS 610/611 Sul. A clínica foi inaugurada em março deste ano e conta com 100 m2, bem distribuídos entre recepção, consultórios, administração e sala de procedimentos. No local, são oferecidos atendimentos clínico, cirúrgico e procedimentos estéticos. A nova clínica é a realização de um sonho e foi planejada com foco no conforto do paciente, em primeiro lugar. O objetivo principal é fazer com que ele se sinta dentro da própria casa.
Sobre o Dr. Cesar Daher
O cirurgião plástico é membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP); membro da Associação Brasileira da Cirurgia de Restauração Capilar (ABCRC); membro da American Society of Plastic Surgeons (ASPS); coordenador do Departamento de Eventos Científicos Regional Centro-Oeste e preceptor do programa de especialização em Cirurgia Plástica do Hospital Daher Lago Sul, Brasília-DF.

Confira nossas últimas notícias